Seis assuntos mais caem na prova do Enem

Quais são as questões que mais caem no enem, quais são os temas que caem no enem 2019, leia o artigo.

Enem 2019

O Enem é o Exame Nacional do Ensino Médio (enem 2019 este ano), popularizado por ser uma das principais formas de ingresso para o ensino superior.

Ele consiste em um teste de conhecimentos, com questões baseadas nas matérias escolares que os alunos estudaram todo o ensino médio.

Prepara e manda bem nas Provas de enem 2019 é importante. Aqui iremos detalhar uns assuntos e temas que mais caem na prova do enem, da química.

Veja temas que caem no enem com quase 100% possibilidade abaixo.

1. Eletroquímica

O uso cada vez maior de aparelhos portáteis como celulares, rádios, computadores, câmeras digitais, baterias de carro, entre outros, são exemplos do uso da energia elétrica obtida por meio de processos eletroquímicos.

Entender estes fenômenos proporciona ao estudante fazer escolhas sobre o tipo de pilha mais adequado para determinada situação, como proteger determinado material ou produzir substâncias economicamente favoráveis.

O estudante precisa estudar como ocorre o processo de transferência de elétrons (oxirredução) e se familiarizar com um vocabulário específico deste conteúdo. A análise dos valores dos potenciais padrão de redução é fundamental.

2. Reações Orgânicas

Assunto que não costuma ser o preferido pelos alunos dentro da Química Orgânica, principalmente em função da grande quantidade de reações químicas que existem.

Vem sendo explorado pela banca em função da importância de obtenção de algumas substâncias importantes industrialmente, como no caso dos ésteres, usados como flavorizantes.

Uma revisão em reações de adição, esterificação (e hidrólise), polimerização e nas reações de oxidação permite ao estudante uma percepção capaz de propor caminhos para reações que ele não tenha visto e que, por ventura, apareçam na prova.

3. Cálculos Estequiométricos

Sendo de fundamental importância calcular as quantidades de reagentes e produtos numa reação química, o ENEM vem privilegiando questões deste assunto, relacionando-o a processos industriais.

Fazendo um link com a dificuldade em encontrarmos na natureza substâncias com alto grau de pureza, bem como o problema prático de questões que dificultam um rendimento de 100%, ele propõe situações onde o estudante precisa trabalhar com estas duas vertentes.

É importante fazer uma revisão do conceito de mol, ter cuidado com as unidades e uma leitura cuidadosa dos textos que envolvem as questões.

4. Concentração das soluções

Fazer leitura das unidades, muito mais do que decorar as fórmulas que visam determinar a concentração das soluções, tem sido o objetivo de muitas questões.

É necessário que o aluno faça conversão de unidades de volume e de massa, bem como a interpretação de dados.

Comparar as diversas unidades de concentração e fazer análise de coleta de dados de uma determinada amostra também fazem parte deste conteúdo.

5. Funções da Química Inorgânica

Extremamente importante que o aluno identifique a função inorgânica dos compostos, bem como suas nomenclaturas.

Ele será capaz de entender os fenômenos como efeito estufa, chuva ácida e outros, bem como entender as variações de pH de um determinado meio. Determinação de número de oxidação, estudo das propriedades dos elementos e as ligações químicas que os mesmos realizam são pré-requisitos para este assunto.

6. Funções Orgânicas

Fundamental para todo o eixo da Química Orgânica é reconhecer o grupo funcional e consequentemente a função química a que pertence determinado composto orgânico.

Através deste reconhecimento é possível analisar o comportamento químico e as propriedades físicas dos compostos.

Seis assuntos mais caem na prova do Enem
3 (60%) 2 votos